Investidoras na bolsa ultrapassam 500 mil

Investidoras na bolsa ultrapassam 500 mil

Segundo a B3, o número de brasileiras que investem na bolsa de valores triplicou entre 2015 e 2019, de R$ 138 mil em dezembro de 2014 para R$ 388 mil no fim do ano passado. Já nos primeiros quatro meses de 2020, o número de mulheres na B3 saltou 46%, ultrapassando 500 mil pela 1ª vez, feito atingindo entre os meses de fevereiro e março. Os dados operacionais da B3 mostraram que éramos em 466.984 investidoras em fevereiro.

No fim de março, o número saltou para 532.389, uma alta de 14%. Já no mês de abril tivemos um novo recorde: o total de mulheres é de 568.628, avanço de 46% em relação ao fim de 2019, quando, no fim de dezembro, batemos 388.497 de mulheres na B3.

Entretanto, não foram só as mulheres que procuraram ativos negociados na bolsa de valores nos últimos meses, o crescimento de pessoas física no mercado de capitais foi um movimento generalizado: nos últimos dois meses, a B3 ganhou impressionantes 440 mil novos clientes, de ambos os sexos.


Compartilhe: